Tradução em andamento do livro “A Dispensational or a Covenantal Interpretation of Scripture - Which is the Truth?” por Bruce Anstey
Este livro encontra-se em processo de tradução, portanto para uma leitura mais ordenada sugiro que comece pela postagem mais antiga no Arquivo da coluna da direita.

JOÃO 17

JOÃO 17

A última coisa que o Senhor fez em conexão com os discípulos antes de voltar para o Pai foi orar por eles. Esta oração ilustra a atual função do sumo sacerdócio de Cristo que Ele levaria adiante à destra de Deus em favor deles na nova dispensação. Portanto, haveria um novo Sumo Sacerdote ministrando no santuário celestial — o próprio Filho de Deus. Esta é outra característica do Cristianismo que não era conhecida no Judaísmo.
Duas coisas têm um lugar especial em Seu coração — a glória do Pai e o cuidado para com Seus discípulos. A oração ilustra a atual intercessão que o Senhor Jesus está efetuando em glória nas alturas. Nesta oração Ele não menciona uma palavra sequer sobre os fracassos e falhas daqueles que são Seus, apesar de serem muitas. Ele tampouco pede por riquezas, honras ou influência e sucesso no mundo para eles, porém busca somente o bem e a bênção para os que são Seus.
O Senhor fez sete pedidos específicos:
  •          Que o Pai pudesse ser glorificado no Filho (Jo 17:1-8).
  •          Que os discípulos fossem guardados em unidade de pensamento, objetivo e propósito (Jo 17:9-11).
  •          Que o Seu gozo fosse completo neles (Jo 17:13).
  •          Que eles fossem guardados do mal (Jo 17:14-16).
  •          Que eles fossem santificados por meio da verdade e assim capacitados para o serviço (Jo 17:17-19).
  •          Que todos os que viessem a crer fossem um em testemunho para que o mundo pudesse conhecer que Ele é o Enviado do Pai (Jo 17:20-23).
  •          Que eles pudessem estar com Ele para poderem contemplar Sua glória (Jo 17:24).


Traduzido de “A Dispensational or a Covenantal Interpretation of Scripture - Which is the Truth?”, por Bruce Anstey publicado por Christian Truth Publishing. Traduzido por Mario Persona.


Postagens populares