Tradução em andamento do livro “A Dispensational or a Covenantal Interpretation of Scripture - Which is the Truth?” por Bruce Anstey
Este livro encontra-se em processo de tradução, portanto para uma leitura mais ordenada sugiro que comece pela postagem mais antiga no Arquivo da coluna da direita.

A DISPENSAÇÃO DA LEI

A DISPENSAÇÃO DA LEI

A primeira destas dispensações é a Dispensação da Lei. A casa de Deus na terra não foi realmente estabelecida até que Ele tivesse criado um relacionamento com Israel sobre o terreno da redenção, dando àquele povo a Lei e o culto a Deus no tabernáculo — Êxodo 10:40. Antes disso os homens caminhavam com Deus como indivíduos, mas não existia um sistema publicamente organizado por Deus para tratar com os homens no que diz respeito à Sua casa. Portanto, dificilmente poderíamos afirmar que existissem dispensações antes disso (cf. Concise Bible Dictionary).
A Dispensação da Lei foi um modo organizado de Deus tratar com os homens (a nação de Israel) no qual as obrigações legais e exigências da Lei deviam ser cumpridas pelo povo que estava sob ela, a fim de poder caminhar em comunhão com Deus. Essa administração do povo de Deus naqueles tempos passou por três fases:
  •         Aproximadamente 400 anos sob os Juízes (da entrada de Israel na terra de Canaã ao final do tempo dos Juízes — Atos 13:19-20).
  •         Aproximadamente 500 anos de reinado (desde o rei Saul ao cativeiro babilônico).
  •         Aproximadamente 600 anos de testemunho profético durante os Tempos dos Gentios (do cativeiro babilônico a João Batista — Lucas 16:16)




Postagens populares